sábado, 6 de dezembro de 2014

Naffah Neto

"Convém não confundir o psicoterapeuta-genealogista com o vendedor de ilusões, comumente disfarçado de revolucionário. Este, embora possa denunciar valores do mundo vigente, está sempre apontando para um ideal futuro, um outro mundo. Não! a revolução que interessa tem que acontecer aqui e agora, neste mundo, deve afetar esta realidade, revolução do cotidiano. E para ser efetiva, deve ser capaz de capaz de mergulhar nas tessituras do corpo social, político, simbólico, atingir as mínimas dobras, os espaços mais microscópicos, para, então, isolar o vírus da doença e poder combatê-lo."

Alfredo Naffah Neto

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Ana Freud - 110 anos de seu nascimento

Ana Freud - 03/12/1895 - 09/10/1982 - 119 anos de seu nascimento. Foi a sexta e última filha do casal Sigmund e Martha Freud. Analisada pelo próprio pai, Anna focou seu estudo principalmente no tratamento de crianças. Seu primeiro caso de análise de criança foi W. Ernest Freud, um sobrinho que ela tratou em duas ocasiões. Teve várias divergências com Melanie Klein, psicanalista dissidente do freudismo ortodoxo, que fundou a escola inglesa. Foi a primeira a dar ênfase ao ego na personalidade. Não rejeitando as forças do id e as restrições do superego, Anna Freud concebeu o ego humano com certa funcionalidade pró-ativa e independente. Ela também é responsável pelo estudo dos mecanismos de defesa, tema sobre o qual ela estudou mais a fundo.