sábado, 27 de setembro de 2014

Novidade no mercado editorial

Sabina Nikolajevna nasceu na Rússia, em 1885. Aos 19 anos, foi internada pelos pais no Instituto Burghölzli, onde Carl G. Jung tratou-a com a técnica de associação livre. O relacionamento entre os dois se aprofundou e tornaram-se amantes, ficando juntos até 1910. 

Formada em medicina, foi a segunda mulher a ser admitida na Sociedade Psicanalítica de Viena, cujos membros faziam parte do círculo íntimo de Sigmund Freud. Publicou 30 ensaios psicanalíticos e sua obra trouxe contribuições importantes para temas como esquizofrenia, psicanálise infantil e as origens da linguagem e do pensamento. Foi a primeira a propor um componente destrutivo da sexualidade humana, conceito que deu origem à pulsão de morte de Freud.

Mesmo assim, sua obra ficou esquecida de 1930 a 1992. No cinema, ganhou destaque em filmes como Jornada da Alma (2002) e Um método periogoso (2011), mas teve nesse último seu papel como pensadora e analista completamente ofuscado pela figura da amante e histérica. A publicação do primeiro volume do livro Sabina Spielrein - uma pioneira da psicanálise, organizado pela psicanalista Renata Udler Cromberg busca resgatar as importantes contribuições de Sabina com a primeira edição brasileira de suas obras completas. O lançamento, da editora Livros da Matriz, acontece no dia 26 de setembro, na Casa das Rosas, em São Paulo.

Lançamento Sabina Spielrein - uma pioneira da psicanálise. Casa das Rosas. Avenida Paulista, 37. Bela Vista, São Paulo. 26 de setembro, das 18h30 às 21h30.

Fonte:http://www2.uol.com.br/vivermente/noticias/obras_completas_de_sabina_spielrein.html