terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Canalização Saint Gemain Janeiro 2012

Este ano eu realmente acredito que vocês vão entender de verdade os potenciais, e eu gostaria que aqueles que tivessem aquele momento “ah-há”, aquele conhecimento, trabalhassem com os outros. Escrevam livros, façam workshops, o que for; trabalhem com os outros, façam um rádio pela Internet sobre potenciais – porque acho que isso vai ser importante para os Shaumbra este ano.

Vou lhes dar novamente uma dica sobre as energias deste ano. Tem mais energia disponível do que nunca. Do que nunca.Estão vindo da própria Terra, já que algumas energias que ficaram presas na Terra – Gaia – por um bom tempo estão sendo libertadas.

Sempre me impressionou o fato de as pessoas enterrarem outras no chão. Nunca entendi isso muito bem, do ponto de vista energético – primeiramente, do ponto de vista da poluição, um ponto de vista real – mas do ponto de vista energético.

Digamos que você morresse amanhã e colocassem seus ossos no chão. Uma energia permanece ali, uma energia que não segue com você. Acho que aqueles que estão se preparando pra voltar imediatamente pensam que talvez seja uma coisa boa. Eles acham que podem se reconectar aos velhos ossos mortos. Não podem, porque, afinal, eles não têm a energia da encarnação seguinte. Como falei antes, vocês não são as suas vidas passadas. São como se fossem primos. Mas digamos que seus ossos estejam no chão; eles ficam com parte da sua energia, então, quando vocês chegam do outro lado, vocês não estão completos. Vocês ainda estão conectados. Vocês ainda têm uma âncora na Terra.

Bom, sim, vocês estão do outro lado. Fazendo seja lá o que for. Analisando as vidas passadas, o que é meio chato. Vocês vão para a Nova Terra, o que é fenomenal. Parte de vocês ainda não está lá. Sempre preferi a cremação ou o sepultamento através do fogo. Por quê? [Alguém diz: “É transformador.”] É uma transmutação. Libera a energia. Ela volta toda para o estado natural. Literalmente transmuta, queima a sua velha energia.

Bem, vocês podem sentir neste planeta, no momento, o que eu chamaria de uma elegante frustração, uma bela frustração. Os humanos estão frustrados com muitas das velhas maneiras e querem algo diferente. Então, o bonito é que isso está atraindo as energias e elas estão chegando e vão ser impressionantes. E, junto delas, estão os potenciais de vocês.Daí, isso também lega à pergunta: O que vocês realmente querem? Já tratamos disso antes, repetidas vezes em nossos encontros, e muitos ainda não sabem. O que vocês realmente querem?

Muitas energias profundas, energias poderosas estão chegando este ano. E elas podem tirá-los do equilíbrio ou podem ampliar o que vocês forem escolher. Então, vou pedir – com a permissão de Aandrah, com a permissão de vocês – que vocês tragam ela (Aandrah) pra sua cabeça. Vocês embutem esse pequeno lembrete – o lembrete pra respirar. Agora, não significa que ela vai viver no cérebro de vocês. Significa que vocês vão ficar com um registro energético – é, ela tem outros lugares pra ir! –, um registro energético. Assim, com o desenrolar do ano, coisas vão acontecer e acabar ficando dramáticas – relacionadas a outras pessoas ou mesmos aos eventos do mundo – e essa pequena voz vai dizer...






segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Cuidados com a pele

Contra o tempo, não há quem possa. E nem é preciso tanto tempo assim para que a batalha tenha início. Depois dos 20 anos, a pele já começa a apresentar os primeiros sinais de velhice. Até os 30, eles serão suficientes para que você pare por um ou dois minutos em frente ao espelho esticando e enrugando a pele do rosto. Quem tem a pele clara começa a se incomodar com as manchinhas. Linhas de expressão em volta dos olhos são quase unânimes, mesmo que discretas - o preço que se paga por emoções fortes, como rir ou chorar sem economia. Daí por diante, elas ficam mais profundas, a pele mais fina e menos viçosa, as manchas mais numerosas. E não é um problema feminino. Desse mal, mulheres e homens sofrem por igual.

O corpo, no entanto, não. Há um motivo para dizerem por aí que as mãos são as grandes delatoras da idade de uma pessoa. Elas, junto a pescoço, rosto e colo são os primeiros a demonstrarem os sinais do tempo. O grande responsável, no entanto, não tem tanto a ver com a carteira de identidade. Culpe o sol.

– Isso que o brasileiro tem de associar bronzeado à saúde é errado. O bonito do bronzeado dura pouco tempo e sai caro mais tarde – sentencia a dermatologista Cleire Paniago.

Isso explica por que essas áreas, mais expostas aos raios solares, são as primeiras afetadas. De acordo com a especialista, 90% da aparência envelhecida da nossa pele é culpa do sol. Para começar, ele tem efeito cumulativo, o que significa que os danos serão consequências não de uma tarde debaixo do sol, mas de uma vida andando por aí sem proteção. Ele degenera o colágeno, deixando a pele mais flácida e quebradiça, é responsável pelo aparecimento de manchas claras e escuras e deixa a pele mais áspera.

Outro vilão é o cigarro. Segundo o dermatologista Ricardo Fenelon, ele adiciona cerca de 10 anos à pele. E, diferente do sol, não são ruguinhas e manchas nas mãos as consequências do fumo.

– As rugas geralmente já vêm profundas, ao redor da boca, devido ao movimento – afirma.

E tem jeito?

A boa notícia é que a medicina dispõe de métodos para remediar alguns desses efeitos.

O laser e a luz pulsada são grandes aliados no combate ao envelhecimento e combatem linhas finas ao redor dos olhos, colo e mãos. Também são os grandes protagonistas no tratamento de manchas de sol nos mesmos locais. A aplicação é rápida e não deixa marcas nem feridas.

A toxina botulínica, o famoso Botox, ainda é um dos tratamentos mais procurados nas clínicas. Ela é usada no preenchimento de linhas finas ao redor dos olhos, na testa, pescoço e no colo.

Rugas mais profundas podem ser preenchidas com ácido hialurônico ou com uma substância chamada hidroxiapatita de cálcio, um composto sintético na forma de microesferas suspensas em gel. Por fim, os peelings químicos ainda são bons aliados, porque descascam a camada mais prejudicada, forçando a regeneração natural da pele.

sábado, 14 de janeiro de 2012

O que acontece durante a Ascensão?

Deus, ao ordenar “Haja Luz!”, criou uma infinidade de centelhas individuais de Seu Espírito, que se espalharam pelo cosmos para expandir a Sua Consciência infinita. Todas elas foram dotadas do mesmo potencial criador que o Pai, e da capacidade de se superarem a si mesmas.

Por um sentido universal de Justiça, Deus criou as fagulhas espirituais que formam a essência do homem à Sua Imagem, pois não há imagem superior à do próprio Pai. Uma vez que Deus é a expressão máxima do livre-arbítrio, as Centelhas criadas à sua imagem receberam a mesma liberdade – a oportunidade de optarem por uma expressão ilimitada ou limitada de Deus.

Deus criou o homem (que, na realidade, é a Chama Divina individualizada) como um ser binário, uma unidade com duas partes – (1) uma imutável e espiritual (o Eu Divino) e (2) outra mutável (o eu finito), que evolui nos planos da matéria onde adquire experiência e aprende a dominar as energias do tempo e do espaço.

A Presença do Eu Sou (Eu Divino) é uma réplica em miniatura da Divindade, uma esfera espiritual que focaliza, num ponto pré-estabelecido do cosmos, toda a Luz e Virtude do Criador. O grande Eu Divino do homem é um foco do potencial ilimitado de Deus.

A parte finita dessa dualidade, o “ser humano”, como qual costumamos identificar-nos embora não seja a nossa verdadeira identidade, começa por receber do Pai um potencial criador limitado: a autoridade da Presença Divina só é transferida para o componente humano da dualidade quando o homem prova ser capaz de governar e exercer esse poder de acordo com os desígnios do Criador e de harmonizar a sua alma com a Natureza Divina. Para consegui-lo, o eu finito precisa, como é óbvio, de possuir livre-arbítrio, pois sem ele não passaria de um autômato.

Assim, o aspecto do todo a que chamamos “o homem” precisa, para poder unir-se ao Todo a que chamamos Deus, de começar por descer ao mundo temporal, onde aprende a dominar as energias do ser e a tornar-se senhor do tempo e do espaço. Só então é que ele pode ascender à Presença Divina e fundir-se com o Criador: a individualidade não-permanente do eu finito torna-se, assim, permanente, quando ascende na Luz e se uno ao Eu Espiritual.

O que é que acontece durante a Ascensão?

Durante a Ascensão, a Chama Trina expande-se e começa a rodar sobre si mesma, até que se torna branca e envolve o corpo inteiro. A extrema aceleração da frequência vibratória dos átomos do corpo transforma-os em pura Luz, ao mesmo tempo que todas as imperfeições físicas e sinais de velhice desaparecem e a estatura do indivíduo aumenta. A cisão do núcleo dos átomos do ser provoca uma liberação de energia muito superior à de qualquer bomba nuclear. Essa energia desce para abençoar e elevar o nível da consciência do planeta inteiro.

Todas as virtudes, talentos, conhecimentos e poderes que a alma adquiriu ao longo dos séculos e que foram acumuladas no Corpo Causal ficam ao dispor do indivíduo Ascenso. Além disso, passa a ter acesso à consciência e ao poder da experiência de todos os que já fizeram a sua Ascensão, e que formam coletivamente o Espírito da Grande Fraternidade Branca.

Quando se efetua esta fusão da alma purificada com o Cristo Pessoal e com a Presença Divina, o homem torna-se um Mestre sobre espaço e tempo, verdadeiramente livre – finalmente Um com a Presença do Eu Sou.

Elizabeth Clare Prophet – Chaves Para o Seu Progresso Espiritual.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Ás de Ouros e Seu Ensinamento

O Ás de Ouros possui um grande ensinamento: existe a possibilidade de ingressar numa nova consciência e de estar pronto para uma vida externa e internamente ricas. O indivíduo precisa apenas entender que os sinais exteriores de pobreza não significam maior consciência interior ou espiritual. O conceito de pobreza sigfnifica apenas que você não consegue conquistar o que deseja, nem reter os bens materiais de que necessita...

terça-feira, 3 de janeiro de 2012