quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Permanecei conectado ao seu Eu-Superior - Confúcio



Para um bom trabalho de dissolução e purificação, não é necessário saber algo sobre as coisas negativas que acontecem sobre a Terra. Podeis atuar no silencio, sem tomar conhecimento dos fatos cotidianos. Podeis irradiar harmonia, beleza e paz e usar a Chama Violeta sem saber o que se passa na face da Terra. Vossa consciência costuma estar abarrotada com os acontecimentos diários, portanto sem espaço para poder receber as irradiações do Reino Celestial.

A vida cotidiana, com suas preocupações e atividades terrenas, rebaixa a vossa vibração – se não insistirdes em manter uma atitude alegre e pacifica. Esse é um exercício de disciplina muito importante para o discípulo que transita o caminho à evolução maior. Já muitas vezes vos temos dado conselhos, qual seja: cultivar, durante a vossa vida cotidiana, alguns minutos de união com o vosso divino EU SOU e, minuto a minuto, ir estendendo essa pratica a algumas horas, até que possais viver no estado de bem-aventurança.

Essa é uma pratica de muito valor que facilita a expansão da Consciência Crística. Nesse estado elevado, o vosso Cristo interno assume a liderança e todas as boas coisas afluem a vós.

A consciência humana está sempre pronta para aceitar aquilo que se passa em seu próprio mundo. Vos, discípulos, tendes o conhecimento e a sabedoria sobre aquilo que deveis deixar entrar em vossa consciência e, contudo, nem sempre agis conforme o vosso conhecimento. Tudo o que penetra em vossa vida é logo aceito e introduzido em vossos corpos inferiores. Nem sempre são energias puras e positivas, visto que os vossos pensamentos e sentimentos são inundados pelas eventualidades do dia, pelos acontecimentos imperfeitos do mundo externo.

Escudai-vos de todos os problemas externos. Não é conveniente que vos ocupeis com tais negatividades. O importante para cada discípulo da Luz é ser um canal aberto para receber as Forças Divinas e trabalhar com elas. Esse deveria ser o vosso empenho. Existe muito por fazer e, na escuta silenciosa, estais unidos com o vosso divino EU SOU, seu Eu-Superior. Deixai a energia da Luz Divina fluir através de vos, abençoando o mundo, transmutando e lucificando tudo o que for negativo.

Onde quer que vos encontreis existe Luz, e vossa tarefa consiste em trabalhar com ela. Não vos preocupeis com os acontecimentos terrenos. Certamente tudo o que se refere a vossa vida cotidiana é importante para vós e deve ser feito, porém não deveis empregar nisso mais energia do que é necessário.

Os discípulos da Luz devem analisar tudo sob outro ponto de vista, além daquele do homem comum. Nós também vos analisamos dentro de um quadro evolutivo bem mais avançado do que aquele em que estão inseridos os homens medíocres, pois vos tendes a experiência e já recebestes instruções adequadas, as quais deveis por em prática. Isso esperamos de Nossos discípulos.

Não estais aqui apenas para terminar a vossa obra de purificação individual e a de vosso próximo, visto que estáveis decididos a colaborar no grande processo de evolução da vida terrestre. Isso quer dizer: purificar e libertar a energia, transmutando o mal em favor do bem à global evolução planetária. Cada discípulo de boa vontade precisa executar um grande Serviço Prestado à humanidade – se ele quiser cumprir a promessa feita ainda em sua atual encarnação.

Seguidamente avivamos a vossa memória sobre a responsabilidade que assumistes, porque às vezes temos a impressão de que desanimais de concluir a vossa tarefa. Chamamos a vossa atenção para não esquecerdes aquilo que prometestes. Vosso amor à evolução dos terráqueos vos credenciou a essa nobre tarefa e deveis comprovar esse amor, realizando o vosso trabalho direcionado ao incomensurável Todo.

O amor vos animou a procurar a Nossa presença que, desde muitos séculos, já é bastante conhecida e, por esse motivo, Nos apresentamos em vosso mundo, nesta vida terrena, ensinando e conduzindo-os à Ascensão. Esse foi o vosso desejo. Estais no caminho que iniciastes em tempos idos, às vezes desnorteados, passando ao total esquecimento.

Chegou o momento em que deveis demonstrar vossa sinceridade ao percorrer o Caminho à Luz, auxiliando a humanidade e a evolução do global planeta Terra. Não mais é permitido qualquer esquecimento desse propósito.

Com Amor,

Confúcio.

Do livro “Discursos do Bem-Amado Mestre Confúcio” – Ponde Para Liberdade